quarta-feira, 27 de setembro de 2006

Aposentadoria

Almir já foi melhor de debate. Hoje estava tenso, confuso, perdido. Mergulhado em denúncias de descaso com a população, de priorização às elites e extensa (e desnecessária)preocupação com números vazios, que nada de concreto dizem sobre a realidade do Pará. O tucano mostrou-se decadente e fraco, pouco embasado, discurso desbotado, pálido como os doentes que ficam à mercê do poder público e de seu descompromisso com a saúde da população.
Almir, que tem a experiência de dois governos consecutivos no Estado , prefeitura da capital e secretaria de saúde no governo Jáder Barbalho, mostrou-se hoje acuado, como um rato, à procura do esgoto mais próximo.

Um comentário:

Juvencio de Arruda disse...

Pô...mas o blog que eu mais gosto de ler ultimamente resolveu parar justo no dia do meu aniversário?
Bjs